terça-feira, junho 26, 2007

Pessoas

Quinta-feira à noite, no metrô, a caminho do Teatro Municipal para ver o ensaio aberto da ópera A Italiana em Argel, dirigida pelo parlapatão Hugo Possolo. Na estação Consolação, duas garotas entram no vagão e vêm sentar-se ao meu lado. A conversa entre elas já estava adiantada.
- Eu acho que ele é gay, sim - disse uma delas, a mais morena.
- Todo mundo acha, aliás, todo mundo já sabe - respondeu a outra.
- Menos ele - disse a primeira. - É uma pena, ele está com 16 anos e perdendo tanta coisa boa da vida. Se ele assumisse que é gay, todo mundo ficaria do lado dele, não ficaria?
Silêncio.
- Ficaria, sim - continuou a garota. - Se ele me dissesse que é gay, eu ia ajudar ele a arranjar namorado, ia apresentar um carinha pra ele. Você não ia?
Silêncio
E assim, divididas, elas desceram na Estação Brigadeiro.

Domingo à noite, no teatro, à espera do início do espetáculo Garota Glamour, que já estava com 15 minutos de atraso. Duas senhorinhas, bem vestidas e penteadas, jóias discretas nas mãos e um batom delicado nos lábios.
- O RPG da Mariza é muito melhor que o meu, disse a que usava um terninho xadrez.
- Eu pensei que vocês fizessem no mesmo lugar - respondeu a de paletó florido.
- Não, a Mariza faz em outro lugar - esclareceu a primeira. - Quando ela começou, estava com 69 quilos, e agora está com 62. O RPG da Mariza tem muito mais exercícios que o meu. Ela usa bola, elástico, eu não uso nada. A barriga dela sumiu. Tudo na Mariza está no lugar.
- Mas a Mariza tem uma dor na coxa que não passa. Ela me contou isso.
- Não é na coxa, é no joelho. Ela está fazendo muitos exercícios de coxa para fortalecer o joelho. O problema da Mariza é que ela não toma remédio nenhum. Ela só passa arnica. Eu digo para ela que arnica demora 250 anos para fazer efeito e que é melhor tomar logo um Tylenol.
- É... Sua mão não fica ressecada no frio?
- Fica. Mas o lábio fica mais. Eu vou passar batom e ele está todo rachado.
Terceiro sinal. O espetáculo começa.

2 comentários:

Grace disse...

Sérgio Roveri

Acabo de descobrir e devorar o teu blog.
Teus textos me comovem, me surpreendem, me arrancam da marcha comum desses dias horríveis onde, às vezes, os olhos já não podem ver...mas atento, só o teu coração pode entender.
TE ADORO TE ADMIRO MUITO MUITO
Grace Gianoukas

El Gazi Pericles disse...
Este comentário foi removido pelo autor.