domingo, janeiro 27, 2008

Quem é a fera, afinal?

Esta imagem é para chocar mesmo. O cão da foto é um pit bull macho, batizado de Branco, que apesar da péssima reputação de sua raça, sempre foi da paz e, por isso mesmo, muito amado por seus vizinhos, na cidade de Campinas. Há alguns dias, um engenheiro da cidade levava seu schnauzer Alfred para passear quando o cãozinho, aparentemente invocado, inventou de enfiar o focinho por entre as grades do portão do quintal onde Branco vivia. Como parece ser normal no mundo dos bichos que têm seu território invadido, Branco avançou sobre o schnauzer, mas nem de longe chegou a atingir o visitante indesejado, já que a distância entre as barras do portão é minúscula. Para proteger seu mascote, o engenheiro deu 15 facadas no pit bull, com tamanha violência que a lâmina se quebrou nas costas do cachorro. Branco foi levado para uma chácara longe da cidade, onde os veterinários afirmam, quando observam o comportamento do animal, que ele ainda sente muitas dores.

16 comentários:

Barbara disse...

Massa, no domingo passado eu conheci três pit bulls na casa de um amigo aqui de Floripa. Um deles se chama Chocolate, o outro TOby e o outro Bob. São três bobões e brincalhões. Te juro. Brinquei com bola com eles um tempão. São fofos. Prova de que os bichos também podem ser educados para o bem. Õbvio!

Blog do Massa disse...

Concordo plenamente, Bá. Outro dia uma mulher estava passeando com um pit bull aqui na Vila Madalena, filhotão ainda, e eu parei para brincar com ele. Além de ser lindo, era a coisa mais mansa que eu já vi na vida. Agora é claro que, se a gente corta a orelha dele, corta o rabo, deixa preso num lugar pequeno, não dá comida e ainda incentiva o que de feroz deve haver dentro dele (afinal, estamos falando de um animal, não é?)ele vai virar uma fera mesmo, disposto a atacar até crianças, como a gente vive vendo no jornal. Um bicho amado vai dar amor em troca, como nós, os humanos. Se a gente receber só porrada na vida, também é porrada que a gente vai distribuir. Tomara que o Branco sare logo, esta foto me cortou o coração. Beijão

viralata disse...

choque! fiquei puto!

Rafinha JZT disse...

Absurdo. Os pit-bulls sofrem um preconceito injusto. A diferença está na criação. Batendo na mesma tecla que muitos: a culpa não estão nos animais, mas sim nos donos, que já torturam os pobre coitados desde que nascem. Um "regime" que revoltaria qualquer recém nascido: você nasce, te cortam as orelhas, lhe dão um quartinho escuro, pouca água e comida. Assim, até eu...

Valmir Junior disse...

Eu tenho um pit-bull, Sérgio. E chorei horrores com essa imagem do Branco. O meu Buddy é igualzinho a ele, a não ser pela mancha escura ao redor dos olhos. Ele balança o rabo tanto quando vê alguém de casa que chega a doer quando bate na gente. É um doce, um amor, um brincalhão. E nem de longe lembra os monstros que tanta gente diz por aí que os pit-bulls são. A fera é o homem, sempre.

Blog do Massa disse...

Fiquei muito feliz de ver tantas manifestações de carinho para o BRanco e de repúdio pela atitude do engenheiro que feriu tão covardemente o animal. Valeu, pessoal. Estamos com o Branco!

Mário disse...

Oi, Sérgio. A atitude do engenheiro foi abominável. Não sou simpatizante da raça pit bull. Acredito que cães de grande porte são animais muito perigosos. Mesmo quando possuem um comportamento dócil. Conheço várias pessoas que foram atacadas. Eu mesmo já fui. Mas é claro que não é com facadas que vamos resolver as coisas. Você deve se lembrar que nos anos 90 houve muitos ataques cometidos por Dobermans. Pois é. Aos poucos o número de animais desta raça foi diminuindo. E hoje em dia é muito difícil encontrá-lo. Espero que aconteça o mesmo com o pit bull, o rottweiller, o fila. Existem milhares de raças de cães e outras espécies de animais domésticos. Qual é a graça de se ter um animal que pode fugir do seu domínio e ferir (ou matar) até mesmo um amigo seu?

Lucchesy disse...

Olha mario, discordo inteiramente de vc... de epoca em epoca, algumas raças sao discriminadas injustamente.
Eu mesma ja criei doberman, pastor e sao raças inteligentes, amigas e doceis. O animal so se torna agressivo quando é maltratado, de formas que nem se imagina.
Se pensarmos em exterminar ou eliminar uma determinada raça, devemos começar pelos seres humanos, exterminando politicos corruptos, ladroes, assassinos, estupradores, terroristas, alguns elementos da policia, alguns das forças armadas, as maes que jogam seus filhos no lixo, no rio, dentro de sacos...
O homem mata pelo prazer de matar, o animal tem de se sentir ameaçado, ou com fome.
Mas a ignorancia do ser humano é algo imenso, indescritivel. Tudo aquilo que nao consegue dominar, ele tem de destruir... basta vermos nosso ecossistema e o desespero de alguns para tentar recuperar.
A culpa nao é dos animais, é do homem. Opa entao vamos extermina-los o que acha?
Antes de julgar alguma coisa, tente se interar do assunto, veja e conheça os beneficios que trazem esta e outras raças, na busca e localização de pessoas perdidas, de crianças com problemas motores, em fisioterapía para varios tipos de doenças. Nao julgue aquilo que nao tem conhecimento.
Particularmente acho que esse engenheiro deve ser preso, e acho um absurdo o que ele fez, e ele e tao calhorda, que agora usa o filho para se livrar da merda, mas se todos que viram o que aconteceu se mantiverem firmes, ha de ser feita a justiça.

Anônimo disse...

E dizem que irracional é o cachorro!

marcelioleao disse...

Prezados,

Solicito cordialmente que seja retirado deste site toda e qualquer intenção de juízo de valor e informações a meu respeito, referente ao caso do Pitbull ‘’Branco’’, já que fui julgado e inocentado pelo tribunal, o mesmo que está processando o proprietário do Pitbull por guarda irregular de animal.
Sem mais,
Marcélio Andrade Leão

lucchesy disse...

Nossa, foi inocentado? E você consegue dormir tranquilo com o que fez? Acho que sim, monstros como vc nao tem consciencia.
Por isso perco a fé na justiça brasileira, que nao sabe fazer justiça, e muitas vezes se vende em prol de colocar inocentes na cadeia e monstros como você soltos na rua.
E ainda tem cara de pau de dizer que vai processar o dono do pit, que o deixou em um terreno, cercado com muros e grades, e você pra extravasar e mostrar que é homem, usa uma criança pra justificar um ato horrendo como o que fez, de ir buscar em casa a faca e voltar para matar o cão.
SE O HITLER ESTIVESSE VIVO PROVAVELMENTE IRIA PEDIR PARA APAGAREM DOS LIVROS DE HISTORIA TODOS OS SEUS ATOS. NÃO SERIA LEGAL?

SOU CONTRA APAGAR ESTAS INFORMAÇÕES.

A justiça brasileira pode ter inocentado vc, mas a Justiça de Deus tá por ai... fica esperto.
ANGELA LUCCHESI

Fabi Auer disse...

Vc foi inocentado???
Não acredito!!!
Seu cachorro meteu o focinho na casa do outro e a culpa é do dono da casa???

Fala sério!!!

Fiz curso de banho e tosa, tenho um poodle e um Pit Bull... Scnauzer é o cão mais chato do mundo pra se dar banho! Meu poodle é agressivo e meu Pit dorme no banho e no Pet shop sim, pq ele tem direito de frequentar Pet shop!

Vc fez besteira, foi julgado por pessoas que não conhecem a raça e são preconceituosas mas eu não o perdoo... Conheço a raça e o preconceito existente. Preconceito é falta de informação. Conheça o trabalho da PitCão... Se informe...

Espero que nunca consiga dormir tranquilo sabendo que agrediu uma vida!

lucchesy disse...

Fabi...
Faço minhas suas palavras...
Tb tenho pits, e sao maravilhosos... e muito boboes..

nao tem ideia de sua força, mas o que querem e brincar...

e importante que as pessoas saibam que o problema nao sao os caes dessa raça, mas sim aqueles proprietários que para se autoafirmarem como homens que os tornam agressivos, ou aqueles que os prendem em locais improprios e inadequados....

As pessoas julgam sem conhecer, sem procurar pela veracidade dos fatos...

e ai uns seres abomináveis feito esse cometem atos indescritiveis, vitimando um animal inocente, por pura maldade...

Mas infelizmente, apesar de desejar toda uma vida de insonia de dissabores para esse e outros individuos similares, isso nao acontece, pois a falta de consciencia, de humanidade, de compaixao, e de amor a vida, nao permitem que eles se abalem..

Infelizmente, enquanto houver outros que se escondem em sua ignorancia, e nao primem pela verdade, nada será feito.

um bom fds a todos

Angela Lucchesi

junior tenorio disse...

olá,para todos!
tenho um pitbull adoro meu cachorro,dócil,amoroso,brincalhão..
é o primeiro cachorro que eu tenho
e tenho orgulho de diser que é da raça pitbull,pois não é o cão que mal e sim quem o cria,ou seja,o ser humano,mais uma vez,sempre é o ser humano culpado de tudo.
li todos os comentários e concordo com muitos de vcs.o que esse homem fez é uma injustiça com a raça,e dizem que é o animal tem instinto ruim,mi polpem de tais comentários.
O mundo em que vivemos paresse uma zona de guerra!Inundações,terremotos ataques terroristas,conflitos entre pais e filhos,protituição infantil,corrupição,maus tratos com os animais e entre tantas outras disordens.
assisti um filme em que os culpados somos nois.O DIA EM QUE A TERRA PAROU.por que tanta guerra,tanta dor,o que o ser humano
está procurando,tomara encontre logo para que essa luta pelo poder,quem o melhor,o mais rico acabe logo.Obs: DEVÉRIA TER UMA PUNIÇÃO BEM RIGOROSA PARA PESSOAS ASSIM,MAS A JUSTIÇA BRASILEIRA É UMA VERGONHA!TENHO ORGULHO DE SER BRASILEIRO,MAS ALGUMAS PESSOAS FAZEM COM QUE O MUNDO FIQUE UMA PORCÁRIA.ass: junior tenório.

Leila Fortes disse...

Não faz sentido retirar do site as informações a seu respeito e o caso do Branco, Marcélio.
Afinal, se vc foi inocentado, por que está tão preocupado? Talvez seja sua consciencia que esteja pesando, e não os milhares de sites e noticias na Internet a seu respeito... as pessoas têm direito de saber os fatos para tirar sua própria conclusão.
Você teve liberdade para esfaquear um cão, e nós não podemos ser livres para expressar nossa opinião??? No mínimo injusto, não acha?
Que um dia você pague pelo que fez.
Sem mais,

Anônimo disse...

Parabéns pelo Blog, guri. Há poucos dias, eu tive a sorte de encontrar um Blog com textos maravilhosos que diz tudo o que eu e, com certeza, a maioria das pessoas pensam. Identifiquei-me muito, estou viciada. Agora, referente ao assunto do Pit bull, o Branco, logo quando vi a foto, fiquei com o coração despedaçado. O olhar triste do animal; as marcas da facada em seu corpo. Horrível! O inofensivo, nesta história toda, é o cão, claro. O modo como criamos nossos filhos,terá resultado no futuro; da mesma maneira o animal de estimação. Não tenho um Pit bull, mas crio uma Chinchila, que é a coisa mais fofa e peluda deste mundo; e um dos animais mais caçados, por causa de sua pele. O SER HUMANO é a pior raça de qualquer ser vivo que possa existir. O que fiquei mais chocada foi com a frieza deste engenheiro, além de machucar o cão, se aproveita da situação para processar o outro. Processar por que?
Fala sério...
Beijão Guri
Vah